Com quantos anos você aprendeu a andar?

Tem uma música da Rita Lee que diz

“Baby, baby, não adianta chamar quando alguém está perdido procurando se encontrar”

deve ser por isso que um depressivo tem tanta resistência para assumir sua condição de alguém que precisa de ajuda e tratamento. Ele fica apegado com todas as forças em seus poréns, esperando um milagre vir do além, para conseguir levantar, olhar para os outros de cabeça erguida, sentir prazer em viver, ou ao menos, se permitir ao bem estar.

Para quem está ao lado de um depressivo é um dilema, oferecem mil conselhos, amam, cobram, cansam, cuidam, abandonam, voltam, e o depressivo lá…

Saiba que:

Não é o cultivo à tristeza, nem falta de fé e trabalho, não é frescura e nem moleza, não é carência e nem fuga.

Nem tudo dá para dizer o que é, mas dá para dizer o que não é, e isso já é um grande passo.

Os transtornos mentais seja depressão, ansiedade, drogas, alcoolismo, distimia, pânico, bipolaridade, bulimia, mania, anorexia, fobias, obesidade, esquizofrenia, boderline, entre outros, todos eles têm nome, endereço, e até CID*.

Mas, por vezes estamos demasiados envolvidos na situação, nos poréns, que nem percebemos o que está além da nossa vã consciência.

Enquanto isso, todo mundo sofre…

Em alguns casos há falta de informação e conscientização; em outros há excesso de informação com a falta de iniciativa (sim amigos o primeiro passo é nosso, assim como foi o primeiro choro). Tudo isso misturado com descrença de que os dias melhores virão, e temperado com o preconceito.

Aos companheiros de caminhada de um portador desses transtornos, resta aceitar que muitos fatores estão além do seu alcance. A luta dessa pessoa é árdua para se manter em pé.

Se ela não aceita sua própria condição, não se desespere, não se marrenta, minha avó dizia que ninguém come banana verde.

Nunca sabemos a direção do tempo e do vento, mas eles estão aí a nos tocar todo dia. Tenha a certeza de que o amor, a consideração, a presença e os exemplos de bem viver falam mais alto do que qualquer frase pronta.

Afinal, como podemos ter amor e apego à vida se olhamos para o lado e não encontramos identificação?

Bom lembrar também que existem àqueles que se sentem acolhidos no ninho, mas mesmo assim têm um vazio imenso, e isso não é reflexo de sua incompetência, é sinal de que essa pessoa precisa cuidados na saúde mental.

E que sim, essa pessoa pode ressussitar em vida. Eu comecei a aprender a andar com 40.

〰️〰️〰️〰️〰️〰️〰️〰️〰️〰️〰️〰️〰️〰️〰️

Este trabalho está licenciado uma Licença

Creative Commons

Atribuição 4.0 Internacional

15 comentários

  1. Fala sério. É o argumento que usam para manterem às pessoas sob jugo. É mais fácil discutir futilidades do que políticas de saúde pública…até quando?
    Se definirem que é do demônio, quero ver o que vão fazer…

    Curtir

  2. Eu sei, e quando começamos a melhorar e percebemos o tanto que os outros sofriam por nós, então, a gente pensa o porquê não procurou tratamento antes…
    🧚‍♀️bjAna

    Curtir

  3. Mas muitas vezes a pessoa n tem a menor condição de pedir ajudar… quem pede eh quem está na retaguarda… quando amamos…e queremos ver o outro bem…nada fácil… eu diria… dificílimo…rs…

    Curtido por 1 pessoa

  4. A maior contribuicao eh falar das experiencias e dificuldades enfrentadas pra ajudar tantos outros a encontrarem seus caminhos, e ao ver que isto eh possivel, ajudar a todos que sofrem e aos que os cercam 😊

    Curtido por 1 pessoa

  5. Concordo com você Ana. Hoje refletindo percebi quantos sofreram por mim nesse caminho, e quantos fugiram de mim🤣
    Siga amando, pois, chega uma hora que nem a pessoa se aguenta e começa a questionar que aqueles sentimentos/pensamentos pesados não faz só parte da personalidade dela, “não é” ela, mas é algo que “está” nela e precisa tratar.
    Fui…curtir o sol de domingo 😘

    Curtido por 1 pessoa

  6. É Miau: o deputado sabe que demônios para serem expulsos precisam da ajuda de interlocutores ‘sobrenaturais’, é mais fácil aproveitar-se da ‘boa fé’ das pessoas… quanto andar aos 40 Cristileine, muitos pensadores do campo da filosofia, afirmam que somente a partir dos 40 estamos preparados para o filosofar…talvez seja isso: filosofar significa andar (com as próprias pernas)… bom domingo Cristileine e Miau…

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.