18 comentários

  1. Sim, sempre buscamos mais do mesmo, e o que reafirma nossas crenças. Tem até um nome para isso. Se não me engano é viés de confirmação. Temos essa estratégia mental de autopreservação. Mas deveríamos sim ter evoluído além disso. Se nossa mente é capaz de conceber tantas ideias fantásticas, criações inacreditáveis e evoluções tecnológicas, se somos capazes de explorar nosso planeta e até o universo que vai tão além, como não conseguimos compreender um pensamento tão simples quanto a existência de várias verdades…

    Curtir

  2. Ah e que deleite nos presenteia e de cá imagino toda essa trama humana onde cada qual acredita ser dono de si, de sua verdade onde a mesma se firma mais em vaidade. Sim estamos todos nós a rumo, expressamos talvez muito pouco do que carregamos dentro e mais do que ouvimos de fora. Somos mais reprodutores do ruido que do silencio interior e creio eu se pudéssemos sentar e nos conhecer com calma tenho certeza que no mundo não haveriam armas, guerras, inveja, possessão, seríamos todos irmãos numa união tão generosa que apenas o vento e o tempo ditariam as regras. Assim como seus barquinhos seguiríamos tranquilos sem medos ou melindres, pois até o destino seria amigo junto a nós todos, uma nova nação, uma nova humanidade, vai saber se esse não era o plano “Dele” de verdade? Bom te ler, me inspira!

    Curtido por 1 pessoa

  3. Seus comentários com esse “viés” profissional da área psicológica sempre acrescentam os temas. Nunca ouvi falar do viés da confirmação, se encaixou muito bem aqui. O todo e o nada… o que somos. Abraços fraternos Bia.

    Curtido por 1 pessoa

  4. Bem mais. Como é bem mais fácil perdermos nossa essência diante de tantos oDORes… Consciência e atitude são fragrâncias marcantes nas mãos de quem passa. Torcermos para serem muitos que as busquem.

    Curtir

  5. “Acredita ser o dono de si… reprodutores do ruído”;
    “O vento e o tempo ditariam as regras… até o destino seria amigo”.
    Gosto muito de sua interação! Seu comentário vai de encontro ao que acredito, precisamos resgatar nossa intuição, inspiração e força da união. Valores desmerecidos atualmente.

    Curtir

  6. Grande verdade, Cris! Estamos muito distantes do paraíso, não sabemos o que é o amor, vislumbramos, às vezes. algumas possibilidades, mas nos perdemos em nossos ostracismos e orgulhos! Gosto muito de tudo o que leio por aqui! Abraços.

    Curtir

  7. É preciso sair de nossas zonas de conforto, naquela em que achamos dominadores (quando isso é só ilusão) para poder enxergar e ouvir o outro. É um processo difícil em razão de nossas crenças, como já disseram antes. Percebo que quanto mais as pessoas clamam pelo coletivo, mais se fecham em suas bolhas. Acho que viajei rsrsrs…mas isto não é bom?!?!? Muito bem m para refletir…Abraço

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.