Amor sem solução.

Acabou
De fato enchi o saco
Não quero ter razão

Demorou
Para enxergar os fatos
Trombar na contramão

Visitou
Futuro e retratos
Fiquei sem conclusão

Rasgou
Memórias em mil pedaços
Partiu toda emoção

Quebrou
Histórias e seus percalços
Encheu de corrosão

Restou
Presente como fardo
Amor sem solução

Mergulhou
No fundo desse espaço
Buscando inspiração

Que frio.

Qual seu Amor sem solução? Por você, por um outro, pelos outros, pela Terra, pelo todo? Ou tudo junto e misturado?

Licença Creative Commons

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição 4.0 Internacional

10 comentários

  1. “Qual seu Amor sem solução? Por você, por um outro, pelos outros, pela Terra, pelo todo? Ou tudo junto e misturado?”

    R: Acho que por mim mesmo. Mas é algo que, aos poucos, vou lapidando e aprendendo a desenvolver. Bela poesia.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.