O desejo final.

Wunschliste = Lista de Desejos

“Quando a poesia vira sua filha, aí você percebe que tem muito o que aprender.”

Estou falando em sentido concreto e figurado, a poesia é para mim uma filha que muito estimo e procuro cuidar bem. Porém, essa poesia abaixo foi escrita por minha filha de nove anos. Já está evidente que fiquei muito orgulhosa por isso, achei a poesia profunda e reflexiva. Procuro não ser daquelas mães que projeta nos filhos seus desejos pessoais, mas confesso que essas minhas duas filhas (a real e a imaterial) me tiram do prumo. Leiam e digam se eu não tenho motivos:

Eu desejo voar
Eu desejo cantar
Eu desejo celebrar
Eu desejo pintar

Tantos desejos passam
De lá pra cá, de cá pra lá
Mas desejos se passam
Passam e não voltam
Não voltam nunca mais
Se passam conosco
Todos passarão

Com todo coração você vai a um velório
Triste não só porque alguém morreu
Mas porque um dia você estará lá deitado
Sem bons e nem maus sentimentos

Esse dia chegará
Não precisa nem desejar
Não tem oi, não tem tchau
Só tem o desejo final
E disso não tem questão
Será puro osso caindo no nada.

A.L.Z., março 2018

Então minha gente, o que estamos fazendo dos nossos desejos e da nossa vida?

Perguntei para ela:

– E o que é o desejo final?

– Não sei mãe. Como poderia saber? Isso é uma poesia.

Por essas e outras, hoje penso que tenho todos os motivos para estar aqui vivendo esse Tipicamente Amor.

Para quem me acompanha por longo tempo, sabe que minha filha pediu que queria um blog também. Acho que de tanto ver meu envolvimento por aqui. Criamos o PlanetaDulei sobretudo para registrar memórias e desenhos dela. Faz um longo tempo que não publicamos por lá. Como vocês bem sabem é complexo administrar um blog, imaginem dois. E sempre entro em debate sobre questões de privacidade e coisas e tal. Mas, essa poesia me despertou o desejo de voltar a publicar no blog. Vamos ver…

“Quando a poesia vira sua filha, aí você percebe que tem muito o que aprender.”

Abraços cristalinos🙋🏽‍♀️,

Cristileine Leão.

Licença Creative Commons

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição 4.0 Internacional

20 comentários

  1. Oi Cristleine a tua filha de 9 anos tem o Dom da escrita menina sensível ve para além da idade dela, sem duvida tens motivo para orgulho, quanto ao Blog dela é difícil e muito administrar dois blogs e entendo a tua preocupação em questões de privacidade etc eu sentia o mesmo é um dilema se fores para a frente diz para eu seguir o blog da Filha e ao mesmo tempo ela também desenvolve a arte da escrita, sendo mãe é sempre um dilema a escolha Bom Domingo para ti e para a tua filhota

    Curtido por 1 pessoa

  2. Oi, Cris!
    Maravilha! Puxou a mãe.
    Satisfaça então o desejo dela.
    Eu também com 9 anos já rabiscava as minhas poesias. Infelizmente não tive a oportunidade de estudar quando criança e comecei muito tardiamente. Adoro seus escritos e adorei o de sua filha.

    Eu digo assim:

    A morte

    A morte é tão traiçoeira que não avisa quando vai chegar….
    E quando chega surprende os que vão ficar…
    Mesmo sabendo que a morte virá, ceifara os nossos parentes, amigos, conhecidos e nossos amores… A incapacidade do Ser humano de demonstrar: gentileza, tolerância, carinho e amor, sem ter que esterilizar pra quem dar, não importando se preto ou branco, se pobre ou rico, ou qual sua preferência sexual, ou seu estilo de vida…
    O que importa é ter a consciência de SER!
    E,
    Distribuam, sempre, pequenos avisos:
    “Te amo”
    “Parabéns”
    “Saudade”
    “Bom dia”
    “Volta logo”
    “Belo texto”
    “Gosto muito de você”
    “Obrigada”
    “Boa noite”
    “Dorme bem”
    Meu aviso de hoje vai pra você, é claro:
    “deixar a menina desemvolver-se com seu blog .”
    😘

    Curtido por 1 pessoa

  3. sentimentos são complicados, posso ter duas interpretações nessa poesia uma lendo em uma segunda a tarde e outra em um sábado a noite com umas cervejas fazendo companhia engraçado como nós somos. Parabéns pelo seu trabalho que continue assim.
    ass: Um garoto melancólico em um sábado a noite.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.