Bailarina de fogo.

O movimento da vela
Me vela
Nos momentos de peso
Eu quem velo a vela/

No seu balançar
Bailarina de fogo
Irradiante presença/

Em tua cera pelante
Quanto mais quente
Maior o buraco/

Derretia, derretia
Mais viva que eu
Com o pavio curto/

Puro enfeite
Na vida
Na morte/

Acende fogosa
Queima, queima
Na lágrima
Na contemplação/

Apagada
Endureci

Velha queimada/

Um fogo divino Reacendeu etérea chama de mim
Agora vejo meu reflexo

Na cera quente/

Ainda que exista o buraco
Ainda que irei acabar

Essa luz que irradia
É mais bela que o próprio queimar.

Depressão, fogo
No reflexo – etérea chama de mim.

Licença Creative Commons

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição 4.0 Internacional.

18 comentários

  1. Tua poesia lembrou-me minha infância. Hoje não tenho religião. Não sou ateu ou religioso, nem mesmo agnóstico. A religiosidade só me interessa como expressão social. Mas quando criança, era forçado a rezar o terço em família. Na cozinha, no escuro, apenas a vela no centro da mesa. E a vela era tudo que eu via… 🙂

    Curtido por 4 pessoas

  2. Acredite ou não, acendo velas para fazer exercícios físicos 😂😂😂ainda não sei se é uma oração para ter força, ou só um aconchego para esse frio. A presença do fogo ali me anima. 🙋🏽‍♀️

    Curtido por 1 pessoa

  3. Parece-me uma excelente ideia. Aqui em casa só acendemos velas por dois motivos: Perfume (as velas são todas perfumadas), e não interessa a outra… 😂

    Curtido por 1 pessoa

  4. Olá minha querida amiga Cristileine… sinceramente, esta é uma poesia que podemos dizer “iluminada”. Bailarina de fogo não é apenas uma analogia ou observar a dança da chama, mas é própria alma que se deixa bailar. Os invejosos dirão que é loucura, mas eu, não minha humilde concepção digo que é uma belíssima metalinguagem poética. Clap clap clap clap…LInda, simplesmente linda! Tenha uma semana feliz e inspirada… beijo no coração!

    Curtido por 1 pessoa

  5. Olá Cristileine como estas? Eu ando muito mal da minha ansiedade agravou, este poema amei, tem tudo o que gosto o que simboliza arte fogo, paixão harmonia vou publicar com a tua autoria bjs Linda

    Curtido por 1 pessoa

  6. Sandro, tive essa mesma impressão da chama dançando, que bom que consegui passar isso para a escrita e ter esse semelhante retorno seu. Muito obrigada por tamanho carinho, muito obrigada por sua presença 😀

    Curtido por 1 pessoa

  7. Obrigado por começar a seguir o Blog Sabedoria do Amor. Este poema seu da vela além de profundamente existencial é existencialmente belo. Me transportou a 20 anos atrás quando eu fazia velas litúrgicas no convento em que morava. Fraterno abraço.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.