Andanças.

Por entre passos das andanças eu estava lá 

Vi nutricionistas debatendo se o ovo é bom ou ruim

Psicólogos desvendando e dando nós nos pensamentos

Eu andava/

Vi amigos próximos em falsidade e amigos distantes em união 

Casais perfeitos que nunca se formavam

Cachorros com hotel, crianças de rua

Crianças reis do lar, cachorros em laboratórios 

Caminhava/

Comida em pó, comida no lixo, famintos, muitos famintos

Desempregados, academias, cruzeiros

Ande, ande

Se apegue aos fatos bons/

Alienei

Alucinei

Andei

No caminho com espinhos no pé

Céu azul com nuvens carregadas na cabeça

E uma intensidade chocante e misteriosa que eu mesma não conseguia acompanhar A qual uns chamam de alma, outros de intuição, e ainda alguns de eu

Lugar no qual pouco paramos para passear

Passei.

3 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s