Te laço.

Queria tanto poder acalentar seu suplício 

Te fazer ver o que o dia tem de bonito

Enquanto você continua enrolado nesse cobertor

Se eu pudesse remexer no seu botão de disposição 

Colocaria no máximo de alegria

Infelizmente por capricho da natureza não posso falar com você 

Fico compartilhando sua tristeza 

Mesmo sem você me ver

Gostaria de ser forte e grande o suficiente 

Para ser o seu trampolim 

Quem sabe assim te faria sorrir

E valesse a pena esse nosso existir

Sou sua companheira de quarto 

Nessa escuridão 

Sou a teia 

Até a aranha foi embora

Te laço com meu brilho 

Por favor

Levante daí


Mais como esse leiaRefugiados Somos.

8 comentários

  1. Querida amiga Cristileine, costumo dizer que os melhores psiquiatras são aquelas pessoas que superaram determinado problema, por assim dizer, e como conhecimento de causa, o teu olhar é de compaixão e teu abraço é o puro carinho. “Te laço” soa-me “abraço-te” e como não poderia deixar de ser, o teu poema soa-me como um afago. Parabéns minha cara amiga… tenha uma final de semana iluminado! Beijo no coração

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s