Rebolar com o cérebro.

Olá pessoal,

Esse depoimento é de uma mulher psicopedagoga que passou por Acidente Vascular Cerebral (AVC), e depois, como consequência, por depressão. Ela conta como conseguiu fazer o “cérebro rebolar”, adorei essa expressão. E como nos ajudar à tomar novos caminhos.

Emoção é se movimentar para fora”, Adriana Foz.

Eu já havia postado um vídeo com ela sobre saúde mental, mas não sabia dessa história pessoal que nos serve de exemplo. Nessa semana também li ao contrário de como o cérebro pode se fechar completamente quando há traumas, na síndrome da resignação, triste.   

Conclusão: Às vezes a gente procura só saídas convencionais (terapias, remédios, etc.), quando na verdade precisamos aprender sambar, fazer aulas de palhaço ou tudo o que nossa voz interior pedir. Precisamos prestar atenção no nosso corpo e emoções.

Simbora achar novos rumos para nossa mente ser a nosso favor.

Beijos, beijinhos e beijões.

Estou animada hoje😉

8 comentários

  1. Coisas que teremos que nos adaptar por longos meses agora. Sonhando com a luz do sol, que por enquanto “tenta” ser substituída por velas por aqui.

    Fiquei feliz que conseguiu comentar. Outra vez obrigada por me avisar.🙋🏽‍♀️

    Curtir

  2. Comovente e sobretudo uma lição a ser aprendida. Na vida nunca devemos desistir, a persistência mais que uma virtude é uma forma de enfrentar as dificuldades e esse enfrentar significa quebrar as rotinas. Um post extraordinário e de um humanismo fantástico. Muito obrigado. Meu abraço.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s