Reportagem – Tipos de depressão.

➡️Conheça os tipos de depressão⬅️

Esse link acima é um artigo de saúde feito pela Bibliomed (site de conteúdo médico) publicada no jornal Nortão, no começo desse mês. Lembrando que estamos no 

🎗Setembro Amarelo🎗 tempo de falar sobre a prevenção de suicídios.

Como a depressão pode levar ao suicídio, esse artigo, ou diria quase um manual de bolso para iniciantes, haha, vai descrever resumidamente alguns dos principais tipos de depressão denominados: maior, crônica, atípica, sazonal, TPM, pesar. Também aborda as causas e fatores de risco para a depressão. Os tratamentos. E como essa doença afeta as diferentes faixas etárias: criança, adolescente, idoso. 

Dos livros

Sou muito curiosa, sempre na busca de informações. Depois que descobri que estava com depressão fui conhecer essa adversária. Li o “Mentes Depressivas” da Ana Beatriz Silva, apesar de não ser um livro que me segurou muito, gostei, mas acho que o outro livro dela “Mentes Perigosas: o psicopata mora ao lado” tem muito mais profundidade. Também comecei a leitura do livro “O Demônio do Meio Dia – uma Anatomia da Depressão”, de Andrew Sallomon, esse sim é uma obra prima, ele fala como portador da depressão que saiu pesquisando por todos os cantos (histórico, científico, espiritual) sobre a doença. Traz muitos depoimentos e dá para perceber como cada um é atingido de modos e motivos diversos. Têm uns trechos meio chocantes (obturações de amálgama provoca depressão) e outros que não vi necessidade de publicação (como por exemplo nomes de remédios). Só que ainda não terminei de ler por completo. Depois que melhorei comecei ler diversos assuntos e me dedicar ao blog. Logo volto pegá-lo, e com certeza o recomendo demais. Disse tudo isso dos livros, para contar que esse artigo que indico hoje é digamos um pequeno resumo do que li nesses livros. 

Voltandooooooo.

Do Artigo

Os fatos que mais me chamaram atenção no link que hoje sugeri à vocês: 

  •  Meninas vocês viram que a TPM está listada lá como um tipo de depressão?  Uhhh Precisamos rever esse conceito. Tenho amigas que saem de si nessa época. Mas nunca escutei nada relacionado. Depois que comecei a terapia, descobri que coincidência, ou não, a depressão acentuou quando decidi parar de tomar o anticoncepcional. Isso entra no citado “medicação de longo prazo”. Coisas de hormônio.
  • Meninos, vocês repararam que apesar das mulheres serem as mais propensas à depressão, são os homens que mais se suicidam? Se cuidem. 
  • Não entendi o porquê não foi citado sobre a depressão pós parto e a depressão bipolar.🤔
  • Diferente do que acontecia no passado, hoje a depressão é reconhecida como doença.” Inteiressante isso né, antes era tratada como preguiça e melâncolia, oras rejeitada para o convívio social, oras reverenciada para o trabalho artístico. Hoje é doença…
  • Essa me assustou: Qualquer pessoa que já passou por um episódio de Depressão Maior possui uma chance de 50% de apresentar outro episódio.” Aí, não, não quero nem pensar nisso.
  •  “Infelizmente, cerca de 35% das pessoas apresentam uma depressão crônica que nunca desaparece, nem mesmo com o tratamento adequado.” Não desanimem, mas temos que ter consciência dos fatos. Isso explica porquê uns respondem bem ao tratamento e outros não. Saber se conhecer, é saber se aceitar.
  • Outro ponto que gostei do artigo foi a explicação da depressão no idoso. Vale a pena ler. Idoso temos e seremos um.
  • O problema parece estar crescendo. Neste século, cada geração teve mais episódios de depressão que a anterior.” Hora de rever nossos conceitos. 

Bom, se vocês passarem um pente fino nesse artigo, me contem o que acharam inteiressante, do que discordam, o que ficou faltante. 

Espero que tudo isso seja útil para vocês. Abraços.

 

10 comentários

  1. Eu também li esses livros da Ana Beatriz e do Solomon. Concordo com você que ela se aprofundou mais na psicopatia do que na depressão e que o livro dele é bem mais completo. Achei bem interessante essa perspectiva dos tipos de depressão. Ótimo post! Beijos🌹

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.