Filosofia para crianças.

Desvendar pode ser o verbo que traduz esse blog, desvendar a depressão, desvendar a poesia. Aqui se encontra depoimentos e reportagens que imagino pertinentes ao tema. Bem como, textos de autoria própria, dias cheios de amor e encanto, noutros de terror e espanto. Mas hoje venho trazer uma proposta diferente da convencional, duas resenhas de livros, que abordam filosofia para crianças. Não resisti em lhes passar essas dicas por alguns motivos:

1) Tenho crianças, as quais são meus grandes vínculos com a vida hoje.

2) Acredito que a filosofia é um canal vital de conhecimento  e libertação da mente. Mas cuidado, toda liberdade tem efeito colateral. Escolhas e consequências.

3) Querendo, ou não, todos temos a criança interna, e os seus muitos questionamentos.

Inclusive se você tiver alguma sugestão de livro infantil, por favor, deixe nos comentários. Ah, meu filho também está adorando a coleção do Percy Jackson, criada por Rick Riordan, fala sobre mitologia grega, ele se inspirou no seu filho mais velho que tinha dislexia e hiperatividade. Vamos lá:

Isaoo e Guga

Escrito por Matthew Lipman, professor de lógica e teoria do conhecimento, e fundador do Institute for the Advancement of Philosophy for Children  (IAPC), programa de filosofia para criancas mundialmente divulgado. No Brasil, esse livro foi lançado pelo Centro Brasileiro de Filosofia para crianças. Encontrei esse exemplar num sebo, mas já vi que há PDF por aí.

Nesse livro, os personagens principais, Issao e Guga, narram os encontros em uma férias de verão. Como cenário a fazenda do avô de Isaoo, um ex marinheiro que sonha em rever uma baleia. Guga é uma menina curiosa e cega. Nessa aventura, eles abordam sobre amizade, natureza, realidade, ecologia, sentidos, brincar, trabalhar, guerras, etc.

Apesar do livro ser indicado para crianças de 7 a 9 anos, acho que seu propósito reflexivo transpõe qualquer faixa etária. O que me chamou mais a atenção nele foi conseguir ver o mundo pela lente de uma garota deficiente visual.

 

O paraíso são os outros

Autor: Valter Hugo Mãe, minha recente paixão literária, ele escreve mais para adultos, mas esse livro sobre amor, parcerias e convivência, é realmente uma obra atemporal. As ilustrações feitas por Estar Acelerado são coloridas e cheias de vida. Esse exemplar é da Porto Editora.

Valter Hugo Mãe escreve de forma poética, sem deixar de tocar na a feridas humanas, é aquele som belíssimo que nos toca para a ação. Esse livro é narrado por uma menina que procura descobrir o que é o amor, toca em temas como adoção, homossexualidade, paixão, solidão, sinceridade, velhice, primeiro beijo, etc.

O título O Paraíso São os Outros, foi inspirada na frase “O inferno são os outros”, do filósofo existencialista Jean Paul Sartre. Vou deixar um link do YouTube da declamação de parte desse livro. Mas na boa, vale muito a pena ler essa obra prima com os filhos, sobrinhos, alunos, sozinho, ou quem sabe, presentear alguma eterna criança curiosa. O que mais me chamou a atenção foi a narrativa doce e inocente da garota, que sempre estava questionando os padrões.

 

4 comentários

  1. Lindo! Engoli seu post de tão animada que eu estava! Adorei. As dicas estão anotadas. Esse vídeo é muito bacana. Teve um ano em que o projeto na escola dos meninos era “Nós, saber conviver, saber cuidar”. Eu me lembro deste vídeo ter me comovido. Adorei! Beijos!

    Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s