Cometa.

Todo planeta estava planejando para aquele momento que passou

Como cometa

Cometemos alegria

Química corporal, encontro espiritual, afinidade passageira

Para que denominar o que marca

para sempre?

O que nunca mais será igual…

 
A saudade acomete por longo tempo

O movimento do tempo sempre prepara novos encontros

Fique atento

No receber das bolas de gelo

Feitas de poeira e gases

Difusa na atmosfera por  ventos e radiação solar

Tal cauda luminosa passa raramente

Causando espanto, fascínio e terror

Uns chamam de amor, outros de paixão

Eu chamaria de breve passagem da vida celeste

Cometa o que apraz

A vida se desfaz.

Sempre Milton Nascimento!

 

 

10 comentários

  1. Bela poesia! E que possamos aproveitar cada momento como se fosse o último, sem nos preocuparmos exageradamente com o futuro ou com que as outras pessoas hão de pensar.

    Curtido por 1 pessoa

  2. E se você não aproveitá-lo, vai ficar apenas com o pior desgosto que há: o de ter desperdiçado uma oportunidade maravilhosa.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.