Galhos caídos.

Galhos caídos 

Também enfeitam casas

E quantas vezes somos galhos

Quantas caímos 

Quantas derrubamos.

Galhos caídos 

Nem árvore, sem seiva

Desprenderam, despencaram 

Quantos vidas estão por um fio?

Galhos caídos 

Podem ter nova morada

Em cima da mesa enfeitada 

Ou dentro da lareira para carvão.

Galhos caídos 

Precisam de mão

Que afaga sem distinção 

Caiu mais um.

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s