Entre o voto e o umbigo.

No palco perdido

Seu voto esquecido

O gato, o vidro

Olhar de bandido

Eu grito em gemido 

Há risco no vidro

Do gato bandido

Perdido no voto

Esqueço do palco

Gemido do grito
Rompeu era elástico 

Nem sangue não veio 

Murmúrias e choro

No meio um do outro 

É tudo esquisito

Prossigo no risco

Jamais que desisto

De fato não digo

Fascínio de tudo

Nadar no umbigo.

2 comentários

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s