Ondas pra que te quero

Ondas para que te quero? 

Para fazer a função das minhas pernas, pra sair correndo dessa terra, pra descobrir segredos oceânicos. 

Venha arrebente nessas pedras, suba bem alto, faça ouvir seu impacto na rocha, molda seus traços, dá seu recado. 

Por sua altura sabemos a profundidade, transporta toda essa energia, preciso de energia.

Ondas do mar, ondas da terra, ondas do ar, ondas do fogo, ondas… Ondas me acorda dessa sonolência diurna, dessa insônia madrugadora, destruidora. 

O  movimento das ondas é constante, perturbador mas transformador, se propaga através do meio. Te quero de meio. Transborda meu cansaço.

Ondas faz me entender a sintonia perdida, vou escutar seu bater. Fico horas observando a sabedoria da sua natureza. Seu impacto impregnou meus ouvidos com o som de um belo amanhã.

2 comentários

  1. Cristileine, tem uma TAG que eu respondi lá no meu site que acho que pode te interessar. Postei dia 18. O nome da TAG é “Sou Única”. Um abração

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s